A [im]perfeição do português

Enquanto Blogger não sou a melhor pessoa para escrever. O que quero eu dizer com isto?

Como todos vocês sabem, como todos vocês vêm, o meu nível de português é horrível, tanto na ortografia como na gramática (que nela ainda sou o triplo pior), mas infelizmente ou felizmente, tenho que me exprimir, partilhar, divulgar de alguma maneira.

Eu tenho o problema que é. escrever da mesma maneira que falo e isso prejudica-me imenso enquanto Blogger.

A verdade é que a culpa disto é toda minha, nunca quis saber da escola, não tinha mínima paciência para ela, estar ali fechada todo o santo dia não era para mim, chegava a um ponto que desligava e não ouvia nada (ou nem ouvia mesmo nada desde que punha os pés dentro da sala de aula). E graças a isso, prejudicou-me, tanto a nível pessoal como profissional.

Eu tenho sérios problemas em interpretação de texto por exemplo. Eu interpreto um texto de várias maneiras e talvez sem sentido para os outros mas, para mim tem todo o sentido.

Acho que a única coisa boa que eu fiz na escola foi simplesmente ter uma caligrafia bonita, porque quanto ao resto, sou uma vergonha na Humanidade.

Se me arrependo ? Completamente. 

Mas não tenho paciência para me esforçar mais, apesar de saber que isso só me prejudica. Não tenho paciência para agarrar em um livro e ler. Não tenho paciência para escrever 50 linhas à mão.

Meus caros, eu não me orgulho de ser assim, porque não me trás nada de bom, só prejuízos, mas, agora com 24 anos, a trabalhar todos os dias com uma folga por semana, como é que consigo ter paciência para aprender? Não tenho, infelizmente.

Não é que eu não queira, é simplesmente a pachorra que não existe.

Talvez se me esforçar e me “obrigar“, eu consiga melhorar, mas também sou uma esquisita de primeira no que toca a livros.

Se eu escrevesse melhor e o meu português não fosse uma vergonha, possivelmente tinha melhores resultados.

E digo mais, eu não tenho problema algum em admitir estas coisas. Se eu tivesse algum complexo, nem sequer tinha começado com um Blog.

É verdade… Eu sei que muitos de vocês se sentam em depressão quando lêem os meus posts, mas desculpem, sou eu e eu sou assim, uma vergonha para o português.

Talvez um dia melhore, talvez se me obrigar a ler e a reler, consiga um português melhor, ou não, porque o meu nível de aprendizagem já acabou à algum tempo. Mas vou tentar…

Eu sei que é muito mau, uma blogger não saber escrever mas, como poderia deixar de fazer aquilo que mais gosto por causa disso? Acham que deveria parar por isso? Eu acho que não… mas aceitam-se opiniões.

E é isso, hoje é só para vos relembrar o quanto o meu português é péssimo, a minha gramática é uma vergonha e não tenho qualquer problema em o admitir.

A perfeição não faz parte de mim, sou imperfeita nesse sentido e em muitos outros mas não vos vou falar das tristezas da minha vida, mas, sinceramente, espero que vocês continuem comigo, a gostar daquilo que vos digo, porque são vocês, que me dão a força para continuar! E eu já parei uma vez, não quero parar novamente…

 

 

18 Comments

  1. Um dos posts mais sinceros que li em todos os blogs que sigo, e a sinceridade no que se lê é ainda mais bonito do que um português bem escrito. De todo achei que estivesse tão mal como dizes, adorei o post!
    É essa sinceridade que transmites que faz de ti uma boa blogger e não um português bem escrito ou com uma gramática “cara”, continua com este blog, não pares, sê tu mesma, se gostas do que fazes, segue em frente e não ligues a coisas supérfluas porque não diminuem o que és quanto blogger.
    Um super beijo e força! <3

    1. Eu nunca tive problema em admitir em aquilo que sou má, portanto iria ser falsa se escrevesse o contrário 🙂
      Muito obrigada pelas tuas palavras, foram muito importantes para mim 🙂
      Beijinhoos <3

  2. Olá, 1º tenho a dizer-te que se tens problemas com o Português, não se viu por aqui… mas também não te preocupes porque não é uma língua fácil (apesar de ser a nossa língua materna).
    E 2º a forma como escreves é bem simples, clara e olha que se o que escreveste não se traduz no que pensas… neste texto ficou bem evidente que isso acontece, vê-se que é um texto real e bem sincero. Quanto ao aprender, não te preocupes, pois eu tenho parta mim que não há idade nem tempo para se aprender mais e mais… e olha que ser blog ajuda-nos bastante neste campo 🙂

    *XoXo
    Helena Primeira
    Helena Primeira Youtube
    Primeira Panos

    1. Oh muito obrigada Helena. É mesmo muito importante ler os vossos comentários e ver que realmente não se preocupam pela forma como eu escrevo mas sim pelo que partilho.
      De coração obrigada <3

  3. Olá ninguém é perfeito e todos nos por vezes damos erros ora gramaticais ou em ortografia, não te massacres tanto pelo que tenho visto percebo a forma como escreves e como queres verbalizar 🙂
    O blog ajuda muito no sentido de treinar e escrever sobre aquilo que gostamos.
    beijinhos e força
    http://retromaggie.blogspot.pt/

  4. Heyyy antes de mais quero te felicitar por este incrível novo espaço!
    Adorava o teu antigo blogue, mas este é muito bom também!
    Quanto ao português, não te rales muito com isso, todos nós damos erros e honestamente, eu não acho que dês muitos!
    Beijinhos,
    My little Space

Podes comentar aqui