Follow:
espécie de lição

Uma espécie de lição? #1

A partir do momento em que decidimos fazer alguma coisa, começamos a pensar nas inúmeras situações que podem acontecer. Ate se chegar ao ponto de, não se começar porque começamos a ter aquele sentimento de medo e vergonha.
O momento em que eu decidi criar um blog, foi numa altura em que estava desemprega, não tinha nada para fazer, estava sozinha, na minha solidão escura e sombria, até começar a ver blogs, youtubers e pensei “Não, eu gostei do que vi, vou pôr mãos à obra“.
E assim foi, comecei com um de fotografia e passados um tempo alterei para um que falasse de tudo, porque eu falo de tudo sem vergonha nenhuma na cara.
Mas depois comecei a pensar nas várias situações que iriam decorrer:

  • A minha família iria saber (mesmo que tentasse esconder, é tudo tão fácil de descobrirem);
  • O meu português é um assassino da Língua Portuguesa;
  • Não tenho nada de interessante para escrever e partilhar;
  • Nunca vou ser tão boa como os que estão por aí;

E todas essas situações que nos sufocam constantemente, como uma cobra de volta do nosso pescoço.
Mas, porque deveria eu, de desistir daquilo que queria fazer por causa de medos?
Porque haveria de ter medo que as pessoas pensassem mal do meu português, ou que a minha família iria saber…
Isso não iria mudar aquilo que sou…
Portanto temos que saber ouvir, temos que saber ser julgados (mas com moderação), porque quer queiras quer não, as pessoas vão-te atacar, seja que forma for. As pessoas não aceitam que sejamos bons em alguma coisa.
Vamos estar sempre a ouvir críticas, e nós vamos-nos deixando ser enrolados nessa bola de más energias… Mas não podemos deixar!!!
Cada um de nós deve saber ouvir, mas defender. Cada um de nós tem que saber aquilo que vale, cada um de nós tem que saber que: “Não eu sou bom e não quero saber que tu não gostes!“.
A lei de ser uma blogger é ser bom naquilo que escreves, naquilo que partilhas, mas principalmente seres tu, seres honesto, seres verdadeiro.
Não deixar que os medos o enrolem, não deixar que te julguem, porque tu és bom! És bom em tudo!
Ninguém é mais que ninguém.
Temos que saber ultrapassar os nossos medos, mandá-los dar mesmo uma curva e provar ao nosso mundo, que mereces, que trabalhas para isto e é para isto que te queres esforçar.
Este mundo da escrita de Blogs, tem muito que se lhe diga, mas mais vale uma paixão séria do que um falsidade!
Existem várias pessoas com medo de escreverem para além dessas razões, serem alvos de chacota, como acontece imensas vezes.
Não podem desistir só por isso, infelizmente o ser Humano é mau, e não é por escreveres ou deixares de escrever que as pessoas vão deixar de ser aquilo que são: Idiotas.
Nós temos a obrigação de levantar a cabeça e seguir em frente, temos a obrigação de ignorar tudo aquilo que nos faz mal, que nos perturba e magoa… Nós somos melhores que essa pessoas, porquê desistir ?
Se não formos nós a mudar o comportamento Humano, ninguém o vai mudar e nunca vamos deixar de ser alvos fáceis para as pessoas deitarem as suas frustrações, porque sabem que não valem nada e têm que fazer com que os outros não prestem também.

Sê feliz como blogger e sê feliz com a pessoa que tu és!

Previous Post Next Post

17 Comments

  • Reply Matilde Ferreira

    E mesmo esse o pensamento, princesa 😉
    Bjinhosss

    29 Março, 2017 at 10:34
  • Reply Liliana Silva

    Quando comecei o meu blog confesso que não pensei muito… Queria escrever, queria fotografar, queria expor o que sentia e queria que tudo o que era bom para me tornasse uma rotina, por isso nada melhor que escrever e partilhar para me motivar! E assim fui criando um blog à minha maneira, ao meu estilo! Não me incomoda não ser a melhor das melhores (nem nuca pensei nisso), quero é me sentir bem no “meu” espaço e fazer amizades 🙂 É este o caminho que quero para mim e para o meu blog… 🙂
    Gostei do teu texto!
    Sê fiel a ti mesma, porque o resto virá!
    Liliana

    http://www.thesilverwing.pt/

    29 Março, 2017 at 11:06
  • Reply Andreia Ferreira

    E é com os erros que aprendemos a melhorar, a superar e a conseguir lidar melhor com essas situações! Força aí! 😉
    Beijinhos

    29 Março, 2017 at 11:52
  • Reply José Pinheiro

    Eu aqui com falta de motivação, mas após ler este texto, voltei ao topo!
    Obrigada, és demais!

    29 Março, 2017 at 12:06
  • Reply m-M

    Verdade!
    Eu tenho deixado o meu evoluir e não me arrependo nada!

    ***

    29 Março, 2017 at 13:17
  • Reply vania

    O mais importante é fazer o que gostamos, mesmo que não seja perfeito como gostaríamos, sempre podemos aperfeiçoar com a aprendizagem… e não deixar o medo broquear as nossas ações…Parabéns pelo blog. Beij

    29 Março, 2017 at 13:57
  • Reply Marta Carvalho

    Concordo a 100% com o que escreveste! Adorei o texto! 🙂

    29 Março, 2017 at 14:16
  • Reply Mónica Silva

    Adorei o texto e concordo totalmente contigo. Todos temos aqueles momentos de medos e preocupações mas nós só temos de saber lidar com eles e usa-los da melhor maneira!!
    Beijinhos!
    Black Rainbow / Instagram

    29 Março, 2017 at 18:14
  • Reply Catarina

    É isso mesmo! Se queres fazer algo faz e o resto não interessa

    http://ayellowrain.blogspot.com

    29 Março, 2017 at 18:27
  • Reply Joana Santos

    Desde que gostes e te sintas bem com o que fazes, não vejo o porquê de não o fazeres 🙂
    Beijinhos <3

    LOSING MA MIND

    29 Março, 2017 at 18:48
  • Reply Cátia Rodrigues

    Eu também tive alguns receios do género, acho que faz parte. Pensava imensas vezes o que é os meus amigos iriam pensar, porque nunca seria ninguém aqui!
    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    29 Março, 2017 at 19:17
  • Reply Paulo Faria

    Gostei muito do post e identifiquei-me, quando comecei o meu primeiro blog há uns anos, tinha muito medo do que iriam dizer ou da reacção de familiares e amigos. Aos poucos fui ganhando coragem e sem receios de expor as minhas opiniões sobre os temas que realmente gosto. Obrigado pelo post, uma inspiração para todos os bloggers 🙂

    Bitaites de um Madeirense

    29 Março, 2017 at 23:57
  • Reply Adriana R.

    Adorei mesmo querida! Concordo totalmente com tudo o que disseste. <3 E ainda bem que começas-te o teu blog 😀
    Beijinhos

    30 Março, 2017 at 0:41
  • Reply Magda Carvalho

    É com os erros que aprendemos e se gostamos do que fazemos com o tempo evoluímos
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    30 Março, 2017 at 1:10
  • Reply danieesoares

    Todos temos defeitos que podem sempre ser melhorados e tal como disses-te, o que importa é sermos verdadeiros!:D
    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    30 Março, 2017 at 10:22
  • Reply Patrícia Rodrigues

    Com a prática é que alcançamos a perfeição, ao escreveres também melhoras o teu português 😉
    beijinho
    http://adiaryb.blogspot.pt/

    30 Março, 2017 at 14:58
  • Reply Experiências e Constatações

    Já há algum tempo que quase nada me importo com a opinião dos outros. Se o que estou a fazer não tem mal, não têm nada a ver com o assunto.
    E então no que respeita a blogs, muito menos. Há pessoas que não quero que saibam que tenho um blog. Mas se souberem, paciência. Se não gostarem, fechem os olhos.

    Beijinhos

    1 Abril, 2017 at 11:27
  • Podes comentar aqui