Sem categoria

Olá, sou eu a Pirilampos

20 Abril, 2017

AVISO: Se vais ler este post, prepara-te pois ele é aleatório e sem sentido.

 

Ainda não tive oportunidade de juntar umas quantas questões feitas pelos meus seguidores, que queiram saber acerca de mim, do que me rodeia.
A verdade é que a minha vida não é assim tão interessante quanto isso, mas já que consegui algumas questões, decidi responder em post e não em pergunta separadamente. É bom para quem é Youtuber, que não é o meu caso portanto.
Hoje é dia de vos responder às questões, é dia de partilhar um pouco mais sobre mim com vocês e talvez até vos esclareça alguma dúvida que tenham acerca de mim, não sei, ou então vão ignorar-me!
A minha área de estudos é Técnico de Apoio Psicossocial com o 12º ano feito. Não é uma coisa que exerça hoje em dia, nem é uma coisa que definitivamente me faça feliz. Eu adoro poder ajudar as pessoas, adoro poder animá-las, mas não adoro que me impinjam o que deva ou não fazer com elas. Portanto deixei a minha área de lado, não porque não goste, mas pela situação que já descrevi. Prefiro ajudar quando precisam do que me mandem fazer, porque não é bem assim que se trabalha.
As minhas maiores dificuldades enquanto vivo sozinha (com o meu namorado) é o facto de perceber, a dificuldade que uma pessoa passa para ter um ordenado da treta, que apenas dá para as despesas. Que infelizmente, todos os meses aparece alguma despesa a mais do que é suposto, depois o que acontece? É ficar lisa o resto do mês.
Por isso é que eu digo a muita gente e não é por mal, aproveitem enquanto ainda estão nas casas dos pais, porque não sabem a sorte que têm não terem que se preocupar em pagar luz, água, gás, alimentação, etc, tudo o que é necessário para nos mantermos bem.
Não falo muito acerca do meu namorado, é um facto. Não porque não goste dele, mas apenas porque não gosto de falar do meu relacionamento, não gosto de partilhar as minhas sensações em relação a ele.
Ele também não é muito destas coisas, eu gosto muito destas coisas, mas não tenho nada de interessante para falar acerca dele, porque também a vida dele é como a minha, trabalho casa, casa trabalho. Não sei, sinceramente, estou a tentar arranjar alguma resposta para o facto e não falar sobre ele, mas a verdade é que não vale a pena estar a fingir, não falo porque não falo. Não sei porque não falo. Acho que é uma coisa que não se deva de ser falado, talvez pelas invejas que nos rodeiam, não sei. Afinal, sou só uma miúda e ele mais velho. Não sei…
O meu blog foi criado, numa altura em que estava desempregada e muito honestamente nunca pensei que eu pessoalmente, chegasse onde tenho chegado. Não sou famosa mas também não sou esquecida. Não sei, acho que ao fim ao cabo, apesar de ser um blog da “treta” em relação a muitos outros, marco a pessoa de alguma forma.
Agora se me trouxe alguma coisa de menos bom, não… Apenas no meu anterior tive a situação de começar a deprimir, e ele já não fazer sentido para mim, daí ter desistido e ter criado o Pirilampos. Mas nunca me trouxe nada de mau.
Os sonhos que tenho para concretizar são imensos e nenhuns realizados. Sou mesmo triste…
Mas um sonho que tenho para concretizar mesmo a sério, é ser uma Blogger reconhecida pelo seu trabalho. Apesar de ele não ter matéria para isso algum dia acontecer, mas adorava.
E o meu maior objectivo para 2017 é conseguir ser um pouco mais organizada no que toca à minha vida. Organizar-me para ter tempo para fazer tudo aquilo que gosto.
Objectivos para o futuro, ser mãe um dia. Mas só um dia, daqui a alguns anos, mas gostava de ser mãe. Não deve existir sensação melhor no mundo que é sentir um ser vivo pequenino a crescer dentro de nós.
Não me sinto realizada com tudo o que fiz até hoje, até porque fiz mais asneiras do que propriamente alguma coisa decente. Mas aprendi com isso, e aprendo todos os dias, ficou para trás das costas, sobrou a aprendizagem.
Mas claro que existem coisas em que me sinto realizada, uma delas é ter emprego para me manter de pé, para conseguir aos poucos aquilo que quero.
E depois para finalizar vou partilhar 5 coisas que gostava de concretizar este ano:

  • Conhecer Bloggers, principalmente aquelas que eu adoro e sigo;
  • Passear mais, preciso mesmo de passear porque o trabalho dá cabe de mim;
  • Crescer enquanto Blogger, ter algum reconhecimento enquanto pessoa, daquilo que partilho com vocês;
  • Fazer dieta, vou começar a trabalhar nisso, porque já engordei novamente e estou chateada quanto a isso;
  • Fazer desporto, ainda não tirei da ideia em realizar desportos, ou exercícios, ou até mesmo ir para um ginásio, mas qualquer coisa que me faça mexer.

E é isto, respondi às questões colocadas num único post e em formato de texto, confuso mas engraçado de certa forma.
Espero que tenham gostado, e caso queiram fazer questões para um próximo post assim, é só enviarem, estão à vontade.
Claro que, ao lerem este post, já me ficaram a conhecer um bocadinho mais, não pode ser tudo de uma vez se não, perde a sua piada.

  1. Eu acho que há coisas que não são para serem faladas são para serem vividas. Podes não falar muito do teu namorado mas também não há necessidade de espalhar tudo pelas redes sociais. Desde que esteja tudo bem entre vocês e vocês saibam disso nada mais interessa!
    E gostei muito de ler o teu post, muito interessante mesmo. És super genuína e verdadeira
    Beijinhos grandes

  2. Isso de falares ou não no teu namorado é tudo uma questão de ponto de vista. Eu falo do meu, raramente, talvez não tão raramente assim, mas falo, pronto. Não digo como ele é ou assim, apenas o refiro em situações onde ele foi a “chave” do assunto. O blog é nosso e acho que eles não têm de entrar nisto, embora ache que falar deles de vez em quando não tem mal nenhum e apenas nos permite ter um cunho mais pessoal no blog. Espalhar ou não nas redes sociais, tudo depende de ti e da forma como queres encarar isso. Eu partilho muito poucas fotos com ele ou dele, raramente partilhamos algo mais “romântico” e em parte é por isso que falas, não há necessidade de espalhar “felicidade” na cara dos outros. É algo nosso e quando é nosso é mais bonito ainda 😀
    Quanto a trabalhares ou não na área isso tudo depende de ti e dos teus gostos. Mas formações em áreas de interesse ou um curso profissional não entra nos teus planos? (uma perguntinha eheh)
    Sobre o resto, desejo-te a maior sorte do mundo e que concretizes todos esses sonhos que tens 😀

Deixar uma resposta