Follow:
espécie de lição Vamos falar

Melhor que ser Blogger?

Não há. Simplesmente não há nada melhor que uma pessoa ser blogger.
Ser blogger é ser honesto, dedicado, apaixonado, ser ele mesmo. Ser blogger é saber que tem um dever a cumprir, objectivos para concretizar, poder inspirar e apaixonar as pessoas.
Ser blogger é tão simples, basta seres tu. Sim tu que estás desse lado do ecrã a perder tempo a ler este post. Sim tu que estás aí sentado a olhar e a pensar “Mas que raio?”…
Ser blogger é muito mais do que ter seguidores e “segue eu sigo de volta”, “se não segues o meu não vou seguir o teu”, “se já não vais ao meu também não vou ao teu”… isso não é ser blogger, é ser criança e nos tempos que correm hoje com esse tipo de comportamento que meus amigos não vos leva mesmo a lado nenhum.
Conseguires dedicar um pouco do teu tempo neste espaço, é a maneira mais simples de poderes demonstrar o que sentes, o que te faz sentir feliz, o que te faz sentir triste, é a maneira simples de poderes desabafar, mesmo que ninguém leia o teu post. É uma forma de desabafar.
Isto de ser blogger é muito mais do que ser conhecido, é muito mais do que ganhar parcerias, é essencialmente seres tu, não mudares só para conseguires alguma coisa, é seres honesto contigo e com os outros. Porque apesar de estares atrás de um ecrã em que ninguém te vê directamente, as palavras que transmites diz muito mais do que estares presente fisicamente à frente de alguém.
Em primeiro lugar devemos sentar-nos e pensar se é realmente isto que queremos. Tens que pensar que vais ter que dedicar tempo, tens que pensar que vais ter pessoas a ler, vais ter que divulgar, vais ter que partilhar, falar, escrever, vais ter trabalhar e muito para conseguires no mínimo 100 seguidores. Porque não é fácil ser blogger. As pessoas pensam que sim, mas não é. Até porque maioria só te segue para tu ires seguir de volta para seres apenas mais um número para se mostrarem campeões!
É tudo muito mais fácil quando falamos de bloggers com um tema específico por exemplo, Makeup, modas, tendências (ou não, depende)… Mas quando se trata de blogs, como o meu que não tem tema especifico, apenas fala de tudo, blogs de poemas, blogs de sentimentos, não recebemos o devido valor, não temos feedback do outro lado, só porque não satisfazemos um tema para alguém.
Mas não podemos dar importância só a isso. Devemos continuar a lutar, devemos continuar a perder o nosso tempo aqui, porque mais cedo ou mais tarde, vamos crescer, vamos ter alguém que nos apoie, alguém que dê o devido valor ao nosso trabalho. Vamos sempre ter alguém, mesmo que pareça uma demora infinita, mas vamos ter.
Recentemente, decidi começar a falar acerca de outros temas, que vão poder começar a ver daqui a uns dias, vou falar de makeup, vou falar de moda, mas vou ser eu, a Sofia que estão habituados a ler desse lado do ecrã.
Vou continuar a ser eu, mas com mais partilhas, com mais objectivos e sonhos, com mais garra. Eu tenho ambições, muitas, apesar de terem sido complicadas alcançar, mas tenho. E das ambições que tive desde que por exemplo fui à Expocosmetica, era poder começar a falar destes temas, porque apaixonei-me mesmo, de coração, não só porque vou receber coisas. Não!! É porque me apaixonei mesmo.
E se me apaixonei, porquê não falar no blog? Porquê não partilhar marcas com vocês? Produtos com vocês? Continuo a ser a mesma, continuo a ser a Sofia que já anda aqui à 3 anos, mas que cresceu, ganhou ambições, finalmente. E porquê não concretizar as minhas ambições? Se eu posso elevar as minhas capacidades, tenho que levar o meu blog comigo. Porque ele faz parte de mim, é aquilo que eu sou, aquilo que eu sinto, aquilo que eu mais me preocupo.
Eu nunca vou deixar de ser aquilo que sou, só porque vou começar a trabalhar com marcas, nunca vou deixar de dizer bacuradas só para não parecer mal, não não vou, eu vou ser eu e e vou continuar a se-lo. E não vai haver nada que faça mudar aquilo que sou.
Porque, primeiro sou honesta, valorizo o meu trabalho, adoro o meu blog, adoro os meus seguidores e adoro o meu canto, segundo, se as marcas me aceitaram tal como sou, com a minha honestidade, com a minha escrita, é porque efectivamente eu consigo marcar a diferença em algum ponto.
Apesar de actualmente este blog ser recente, não me ajuda de todo a conquista de parcerias, tenho levado imenso não, mas sempre ouvi dizer que o não, está sempre garantido. Mas também, tem existido marcas que decidiram dar-me uma oportunidade. Porque não? Também não perdem com isso. É mais uma a divulgar os serviços, ora bolas, mais uma para a colecção, e então? Eu, do que depender de mim, vou à busca de mais parcerias, vou conquistar mais lutas, vou além daquilo que alguma vez pensei que conseguisse fazer.
Se eu falo da marca da Embelleze, porque não falar da Andreia? Da Essence? Sei lá, mil e uma marcas que existem. Nunca vai deixar de existir posts, acerca de situações que me aconteceram, acerca de opiniões de coisas que acontecem diariamente, não vou deixar de partilhar nada daquilo que já fazia, nada!
Vou continuar a ser eu.
Porque eu, eu trabalho, tenho o meu emprego, tenho o meu ordenado e não preciso que o meu blog me sustente, apenas quero que me dêm o mérito de poder trabalhar com marcas, apenas quero poder abranger outros assunto no blog. Se ele já fala de tudo, porque não juntar mais a esse tudo?!
Olá eu sou a Sofia e estou no sou como sou… não estou, mas é quase.
Com isto, quero que vocês entendam que, eu quero crescer e acho que o mereço, e vou fazer por isso, todos os dias.
Portanto, se queres ser blogger, penso que este post te vai servir de pensamento, penso que vai fazer com que percebas que isto é dedicar tempo, isto é paixão. Não é como 80% dos bloggers que só querem é receber material das marcas, produtos e falar sobre eles, e sentem-se felizes apenas com isto! Não, eu não sou assim. Eu quero falar das marcas, quero falar dos produtos deles, mas não quero que o meu blog seja apenas isso, quero que seja o que sempre foi.
Para ti que estás a ler esta publicação, espero que não sejas apenas mais uma pessoa que se vai juntar a este mundo só para poder receber presentes e está feito. Porque se existem situações que me irritam é ver bloggers que mal começaram já terem imensas parcerias, e sentem-se importantes e o caraças para isso tudo. Eu fartei-me de trabalhar durante 2 anos no meu antigo blog para ter apenas duas ou 3 parcerias. Com este blog novo, felizmente tenho tido sorte. Mas não é sempre assim.
Tu que vais querer começar a escrever em um blog, pensa também que vais ter momentos de tristeza, vais ter momentos em que nada para ti faz sentido, incluindo o blog. Não vais ter paciência, nem inspiração para ele. Vais-te simplesmente abaixo e pensar em desistir. Não podes!
Tens que pensar que é apenas uma fase, que vai passar, demore o tempo que demorar, a fase vai passar. E se efectivamente verificares que não, não passa, não queres e que desistes (isto passado um ou dois meses sem escreveres) sim aí concordo contigo, desiste, isto não é para ti. Porque quer queiras quer não, ter um blog é uma pressão no teu dia-a-dia, tens que tentar ser regular, se não fores tentar arranjar forma de dares um pedido de desculpa aos teus seguidores, porque é importante para eles, sentirem que efectivamente são importantes para ti.
Porque sem seguidores o teu blog não anda para a frente, e se não se anda para frente, nunca vai passar de mais um site com texto escrito e abandonado. É claro, a não ser que não te preocupes e simplesmente o uses como forma de auto-ajuda, de desabafo e situações que todos nós sabemos.
Este texto é enorme, mas é um desabafo, é uma ajuda para alguém, é aquilo que eu sinto neste momento.
Sei que metade nem vai ler o que escrevi, mas tinha que deitar cá para fora, porque acima de tudo é o meu dever partilhar com vocês aquilo que sinto, porque se não, para mim não faz sentido estar aqui, a perder meia hora a escrever este texto.
E ainda com isto, quero que principalmente percebam, que, nunca vou deixar de ser aquilo que eu sou, que apesar de andar a conseguir parcerias com marcas, nunca vou deixar de partilhar tudo o resto.
Não tenho direito nenhum, em mudar aquilo que sou só porque arranjei parcerias. Não tenho direito nenhum em ser a menina bonita e conhecida só porque recebo produtos de marcas. Não meus amigos, e digo-vos mais, as parcerias que tenho realizado, eu própria sou cliente.
O que quero dizer com isto? Perguntam vocês.
Para mim ter um parceiro é muito mais do que receber produtos, é criar laço de amizade, é principalmente demonstrar aquilo que somos  e se a pessoa aceitou uma parceria, que direito tenho eu sobre eles, para não ter que comprar nada? Explicam-me?
Eu sou parceira e sou cliente, com muito gosto! Gostem ou não, vocês que estão a ler, eu vou sempre comprar algum produto à minha parceria, nem que fosse ao Boticário, nem que fosse à Pluriscosmetica, tantas marcas que existem, vou ser sempre cliente.
Aliás se algum dia não o fizer logo na altura da conquista da parceria, é porque realmente não posso, mas não quer dizer que no mês seguinte não compre nada.
Porque se eles já me dão a felicidade de me darem a oportunidade de ser parceira, porque não ser cliente? Não lhes agradecer comprando-lhes algum produto?
Pois…
Eu sou assim, honesta, ingénua e complicada. Mas justa, principalmente.
E se vocês só me seguem para ter mais um seguidor, mais um like, mais um comentário, mais isto e aquilo, lamento mas não estão aqui a fazer nada! Eu levo o meu trabalho demasiado a sério para ter esse tipo de infantilidade ao meu redor.

Previous Post Next Post

41 Comments

  • Reply Cátia Rodrigues

    Infelizmente estas situações existem muito por aqui, quem segue por apenas mais um like, uma visualização ou um comentário. É muito difícil para quem se esforça Sofia e digo-te não é mais fácil só porque tens um blog de beleza ou maquilhagem. Este mundo é cada vez mais difícil em termos de situações, pessoas, em destacar-nos. É muito importante mantermo-nos fiéis, isso sim 🙂

    7 Maio, 2017 at 11:16
    • Reply Pirilampos em Marte

      Sim claro é verdade. Isto tem tudo muito que se lhe diga :3

      8 Maio, 2017 at 10:26
    • Reply Marília da Silva

      Ser blogger é simplesmente escrever com coração e alma, o resto apenas vem.. é o que tenho a dizer depois de ler este texto maravilhoso!

      Mil beijinhos,
      http://mimiswardrobe.blogs.sapo.pt

      8 Maio, 2017 at 10:35
  • Reply Daniela

    Pelo o que tenho lido acerca de blogs e por aí é sempre “importante” ter um nicho, e hoje em dia está muito na moda falar de maquilhagem (eu falo porque gosto, porque estou a aprender) mas também é bom alguma variedade que é o teu caso. Felizmente és das poucas pessos genuínas. Temos que realizar um meet blogger zona centro 😂

    Beijinhos,
    Otuquinha.blogspot.pt

    7 Maio, 2017 at 11:19
    • Reply Pirilampos em Marte

      Eu vou começar porque sempre gostei mas nunca soube abordar os temas. E nunca falei pronto.
      Até ir à expocosmetica :3
      Vamos fazer bora bora haha

      8 Maio, 2017 at 10:27
  • Reply Daniela Silva

    Concordo absolutamente com este texto. Sou blogger à 11 anos e embora seja apaixonada pelas minhas áreas de formação, administração e gestão, nada me dá mais prazer do que ser blogger. Só tenho pena que alguns prefiram azer disto uma coisa má e passar uns por cima dos outross. Ainda bem que a maioria não é assim. Beijinho

    7 Maio, 2017 at 14:31
    • Reply Pirilampos em Marte

      Tão verdade Daniea tão verdade!
      Beijinhos

      8 Maio, 2017 at 10:28
  • Reply Matilde

    Não há mesmo nada melhor!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    7 Maio, 2017 at 15:11
    • Reply Pirilampos em Marte

      eheh não mesmo 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:29
  • Reply Francisco Oliveira

    Gostei bastante do texto e identifico-me no que li.
    Um abraço e bom Domingo.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    7 Maio, 2017 at 18:00
    • Reply Pirilampos em Marte

      Muito obrigada Francisco, fico contente 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:29
  • Reply Melissa Sousa

    Concordo plenamente não existe melhor!

    Beijinhos,
    https://melissasousablog.blogspot.pt/2017/05/fui-ao-cinema-5.html

    7 Maio, 2017 at 18:00
    • Reply Pirilampos em Marte

      eheh 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:30
  • Reply Miguel Oliveira

    Tenho observado muito disso, bloggers que te seguem e obrigam a seguir e fazem trinta por uma linha para ter notoriedade. Não é fácil ter um blog…

    7 Maio, 2017 at 18:39
    • Reply Pirilampos em Marte

      Bem verdade Miguel. Infelizmente só se vê é disso

      8 Maio, 2017 at 10:30
  • Reply Rita

    Disseste tudo! Prefiro sempre focar-me na parte boa de ter um blog…
    Beijinhos ❤
    EVENING BREEZE

    7 Maio, 2017 at 19:11
    • Reply Pirilampos em Marte

      Mesmo mais vale 🙂 Beijocas <3

      8 Maio, 2017 at 10:31
  • Reply Kati

    Gostei imenso do texto/desabafo, tem dias que não é fácil ser bloguer assim como tem dias muito bons 🙂
    Beijinho, Kati

    http://www.katiantunes.com

    7 Maio, 2017 at 19:58
    • Reply Pirilampos em Marte

      Tal e qual 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:32
  • Reply Joana Santos

    Concordo com tudo o que disseste! É tão bom ver pessoas assim, apaixonadas pelo que fazem 🙂
    Beijinhos <3

    http://www.losingmamind.blogspot.pt

    7 Maio, 2017 at 20:15
    • Reply Pirilampos em Marte

      É optimo mesmo 🙂 Obrigada

      8 Maio, 2017 at 10:32
  • Reply Maria Varelas

    Excelente desabafo, e identifico-me imenso devido à experiência com o meu antigo blog.

    Mas agora que voltei ao blogspot, estou em https://mariavarelas.blogspot.pt/

    Beijinhos!

    7 Maio, 2017 at 20:16
    • Reply Pirilampos em Marte

      Obrigada 🙂 Ainda bem que estas de volta 😉

      8 Maio, 2017 at 10:33
  • Reply Rosana Vieira

    Exatamente por perceber que não era nada fácil é que estive cerca de 4 ou 5 anos até ganhar a coragem para abrir um blog a que sei que me vou dedicar :).
    Quanto à questão do segue que eu sigo, já me apercebi. Quanto à questão das parcerias, ainda nem percebi muito bem como funciona, nem se são eles ou nós que temos de contactar, por isso vês o quanto é importante para mim ahahah.
    Concordo contigo, um blog é uma coisa pessoal e é para lá metermos o que bem nos apetecer e não apenas publicidade de marcas (bem, é uma questão de escolha).
    O mais importante é sem dúvida se fazes, fá-lo com gosto e honestidade. 🙂
    Beijinhos

    7 Maio, 2017 at 20:47
    • Reply Pirilampos em Marte

      Oh Rosaña é mesmo isso chegaste onde eu quis chegar 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:35
  • Reply Adriana R.

    Vais longe sim Sofia, tenho a certeza disso! 🙂 Continua sempre assim, genuína como és. Gosto imenso de ti e de ler os teus posts <3
    Beijinhos

    7 Maio, 2017 at 21:09
    • Reply Pirilampos em Marte

      Ohh que amor *.* Obrigada princesa!!! <3

      8 Maio, 2017 at 10:36
  • Reply Mena Almeida

    Gostei do teu texto! não entendo muito de parcerias, mas acho que ninguém dá ou aceita fazer uma parceria com um blog que não tem leitores, acho eu claro. O meu tanto me dá que comentem como não, embora o nome não seja esse, mas para mim, é como um diário. Para mais tarde ir ler e relembrar assuntos antigos, fatos que gostei ou não etc.
    Felicidades para o teu blog e bom inicio de semana.

    7 Maio, 2017 at 22:10
    • Reply Pirilampos em Marte

      Muito obrigada Mena. Pois as parcerias varia de blog para blog 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:37
  • Reply magda

    Concordo bastante com o que disseste sou blogger por adoro escrever e fotografar e tento ser criativa e posso partilhar aquilo que gosto de fazer
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    7 Maio, 2017 at 23:29
    • Reply Pirilampos em Marte

      É mesmo Magda 😀

      8 Maio, 2017 at 10:38
  • Reply Anne Jaqueline

    Sábias palavras!!!
    Beijos
    Vidrinhos & Feminices
    Fanpage
    Instagram

    8 Maio, 2017 at 1:36
    • Reply Pirilampos em Marte

      Obrigada 🙂

      8 Maio, 2017 at 10:38
  • Reply Helena Primeira

    Olá Pirilampos, gostei do que li e concordo contigo – ser blogger é tudo isso e muito mais (e só se apercebe do que falamos quem está ligado ao meio e que faça as coisas por prazer, sobretudo, o de partilhar; e não [só] o de “lucrar”). Mas para isso, é realmente necessário sermos nós mesmas, sem medos de críticas, de menos visualizações ou gostos e sem medo de sermos repetitivos.

    *XoXo
    Helena Primeira
    Helena Primeira Youtube
    Primeira Panos

    8 Maio, 2017 at 2:16
    • Reply Pirilampos em Marte

      Nem mais! 😀

      8 Maio, 2017 at 10:38
  • Reply Andreia Moita

    Conheci agora o teu blog e este foi o primeiro texto que li. Vamos descobrindo todos os dias mais um bocadinho do que é isto de ser blogger. Muitos parabéns.
    Bjs

    8 Maio, 2017 at 10:04
    • Reply Pirilampos em Marte

      Sê bem vinda Andreia espero que tenhas gostado 🙂
      E é tão verdade!

      8 Maio, 2017 at 10:39
  • Reply m-M

    O teu texto é tão certeiro, tão o que é preciso ler, hoje em dia! 😀
    E reconheço-me em muitas das tuas palavras 😉

    Talvez por já andarmos nisto há anos <3

    Beijão,

    8 Maio, 2017 at 15:30
  • Reply witkonijnblog

    Ainda hoje estava a pensar em como faço o que faço simplesmente pelo prazer que tenho. Especialmente quando alguém vem ter comigo para me dizer o quão se sentiu inspirada/o ou como lhe dei uma perspectiva diferente sobre o que quer que seja. Não há maior compensação, pessoalmente.
    Abraços

    8 Maio, 2017 at 20:08
  • Reply Joana Mascarenhas

    Olá ! Não conhecia o teu blog mas cheguei hoje aqui! Adorei o texto e concordo contigo! Também não vivo do blog mas ele faz-me viver e sentir viva, apenas porque sim, porque faço o que gosto! Adorei o teu cantinho e já sigo! Beijinhos
    ***
    http://mustbepink.blogspot.com/

    9 Maio, 2017 at 9:56
  • Reply Akira

    Ser blogger é não ter “obrigações” mas durante o teu dia de trabalho estas sempre a pensar no blog, o que podes trazer de novo, o que melhorar, responder a leitoras e emails etc é amor

    10 Maio, 2017 at 16:23
  • Podes comentar aqui