Pirilampos na condução… Fujam

É um perigo. Basicamente é assim que eu vou começar este post.
Das coisas que eu mais gosto de fazer é de conduzir, talvez daqui a uns anos já não pense assim e seja a última coisa que eu queira fazer, mas neste momento é das coisas que mais gosto.
No entanto, é das coisas mais me enerva. Porque será, não é verdade?
Uma das coisas que não gosto quando estou a conduzir, é ir entre dois camiões. Sinto-me uma minúscula entre eles e sinto que estou a fazer uma corrida, como o da Velocidade Furiosa, para conseguir os ultrapassar.
É que eu começo a ultrapassar e os atrasados dos condutores em vez de ajudarem e desacelerarem o camião, não meus amigos, ainda aceleram mais! Porquêêê?? Que mal lhes fiz eu ? Nenhum, só quero sair do meio de dois transformers! Não sabem ser caridosos com as pessoas que têm carros pequeninos, mas que não têm paciência para ir atrás de um camião e muito entre dois? Pois.. Já vi que não meus caros.
Outra situação que eu detesto quando conduzo, é o facto das pessoas não saberem fazer rotundas! Enerva-me a capacidade desta gente, que para além de fazerem mal como o caneco as rotundas, ainda refilam como se fossem eles que estão correcto!
Não estão! Como devem de calcular, se vão sair na segunda saída têm que ir na segunda faixa da rotunda( (isto supondo que apenas tenha duas faixas). É lógico que eu quero sair e ainda é mais lógico que não vou parar o carro para as princesas passarem porque não sabem fazer rotundas. Digo, que só tenho a carta à dois anos. Enfim…
Depois existem também aqueles que gostam de acelerar, sabem? Aqueles quase que não te passam por cima, só porque sabem que estragam o carro deles?  Esses nem os odeio, até os adoro, para me entreter, porque quanto mais aceleram com a pressa, porque possivelmente o mundo vai acabar se demorarem mais tarde 5 minutos a casa, mais eu conduzo devagar.
Eles ficam super chateados quando lhes faço isso e eu adoro, só me falta sorrir para eles para verem que estão mesmo a ser gozados.
É claro que no meio disto tudo, tenho que falar dos condutores que andam a passo de caracol…
Meus senhores e minhas senhoras, não empatem o trânsito. Eu sei que a pressa não leva a lado nenhum, mas se uma pessoa já saí tarde do trabalho e ainda levar com lentidão à frente… Dá conta do sistema nervoso de uma pessoa. É que podem andar devagar mas a cumprir a regras de velocidade. Não é irem numa estrada em que a velocidade máxima é 50 e vocês andarem a 20.
E depois existem aquelas pessoas com boina. Uma das coisas que o meu instrutor me ensinou, era para eu ter sempre cuidado com os condutores que usem boina (neste caso é sempre homens). Porquê?
Por eles serem um perigo para a condução, aliás para verem bem, eu até proibi o meu pai de utilizar boinas, porque representa perigos para a estrada. E se tiverem atenção vão reparar nisso.
Todas as santas vezes que eu apanho seres com boina a conduzir, eu ponho as mãos à cabeça! Conseguem ser piores que um miúdo a tirar a carta de condução!
Estacionar é partir o para-choques, marcha atrás é dar uma pancada no farol, para não falar das jantes que é com cada risco que até mete dó ao carro. Mesmo o carro sendo mais velho do que eu.
Por esta sim, ficou-me sempre na memória, por alguma razão não é verdade? Pelo que vejo todos os dias, tem todo o sentido.
Eu poderia contar mil e uma coisas que detesto na condução, mas nunca mais sairia daqui e vocês possivelmente iram mandar-me pentear macacos.
Detesto conduzir à Segunda-feira e Sexta-feira… As pessoas ficam alucinadas na estrada. É tudo a acelerar, não medem a distância entre os carros, é tudo a passar por cima, meu deus… Quase que me dá uma coisa no coração ver tanta estupidez na condução.
E dias de chuva? Nem se fala. Passa de 8 a 80 como vice-versa. Ou seja, ou temos carros a acelerar imenso que se vê as rodas a patinarem, ou temos aqueles que quase param o carro na estrada com medo de conduzir.

Mas isto tudo para dizer o quê? É que eu adoro conduzir, mas é umas das coisas que mais me enerva num dia de trabalho e não só.
Muitas das vezes dá-me vontade de parar o carro, sair com um pau e partir o carro todo que vá atrás ou à frente.
É que no meio disto tudo, poderia dizer que eu é que sou um perigo na condução, mas não sou e tenho bem a noção disso. E tanto que tenho  essa noção que sei admitir quando conduzo mal. Por exemplo eu conduzo mal quando levo alguém à pendura. Possivelmente pelo hábito de conduzir sempre sozinha. Mas estes condutores, dá-me vontade de apertar os pescoços.
Depois no meio disto tudo, ainda existe aqueles condutores que te fazem uma ultrapassagem numa linha contínua… Primeiro quando o fazem abano a cabeça e bato-lhes palmas, mesmo para gozar com eles, segundo só tenho pena de não existir polícia nestes casos por perto, para ver esta gente ignorante com a mania que têm um BWM ou Mercedes… Mas depois também é preciso ter-mos azar quando aceleramos um pouco mais apanhamos a policias. Enfim karmas.

Posto isto, contem-me como é a vossa condução, se é tranquila ou se também se passam da cabeça!?

37 Comments

  1. Same here! Detesto gajos que se armam na estrada! Insulto-os do piorio ahah
    Só diacordo a parte do pendura, a mim não me faz confusão, até gosto 😀
    Beijinhos*

Podes comentar aqui