VERSATILE BLOGGER AWARD + 7 FACTOS ALEATÓRIOS SOBRE MIM

A minha linda Raquel do Blog Kéké à algum tempo que me nomeou para o Versatile Blogger Award. E cá estou eu para participar.
Por isso, muito obrigada minha querida, estas iniciativas são sempre excelentes para nos aproximar-mos dos nossos leitores e existe interacção entre nós bloggers.
É sempre excelente darmos a conhecer o nosso trabalho tal como o trabalho de outras pessoas, que efectivamente são excelentes bloggers, mas que não têm reconhecimento.
Por norma não costumo participar neste género de coisas, mas não é por mal é mesmo porque por vezes não me faz muito sentido fazer. Mas sinceramente acho que já está na altura de começar a expressar mais de mim, daquilo que sou e como sou. Vocês vêm muito de mim aqui, mas não vêm tudo, por isso, acho que é uma boa altura de começar a partilhar. Não acham?

Versatile Blogger Award:


É um prémio online que é atríbuido por bloggers a outras bloggers, que de alguma maneira sabem e acreditam que merecem ser reconhecidos e dar-lhes o verdadeiro destaque. E este objectivo é, que exista um genéro de corrente na blogosfera.
Não acham isto excelente? Uma forma tão fácil de poder-mos dar oportunidades a várias bloggers!

 

Vamos aos 7 factos aleatórios sobre mim:

1Sou uma dependente de música. E quando digo dependente, é ao ponto de o meu humor depender da música. Por exemplo, é mais fácil ficar demasiado tempo de mau humor sem ouvir música, do que quando oiço música.
Parece que a minha personalidade depende da música, mexe com os meus sentimentos, emoções, humores, tudo. É incrível como a música tem a capacidade de me mudar da noite para o dia.
Por isso se por normal já sou fácil de estar mal humorada, sem ouvir música nem que seja apenas uma vez, pior fico. E detesto quando interrompem a minha música, viro completamente bicho, não me podem desligar do nada, nem desligar sem razão, quem pode desligar sou só eu.

2 A minha vida necessita de animais. Eu sou uma apaixonada por animais, sejam gatos, cães, leões, toda a espécie animal de 4 patas eu sou apaixonada. Não imagino a minha vida sem um animal pelo menos comigo.
Neste momento encontro-me com uma cadela (Tucha) e um gato (faísca). Perdi o meu gato Tareco em Janeiro e tinha jurado que não queria mais nenhum. O meu problema é que falo e não faço. Não consigo resistir aos olhos dos animais, dos olhos que fazem de abandonados, e custa-me imenso deixá-los. Por isso, não resisti ao Faísca.

3Tenho dificuldades em criar rotinas. Não consigo criar rotinas, eu tento mas não consigo. E não vou culpar a falta de tempo, mas é simplesmente pela preguiça. Sou uma preguiçosa e a minha vida é rodeada de preguiça.
É como se uma cobra tivesse agarrada às minhas pernas, e não me deixasse fazer nada. Por isso criar rotinas para mim, é das piores coisas que me podem acontecer. Não consigo levantar-me de manhã e maquilhar-me. Não consigo levantar-me de manhã e fazer um pequeno-almoço equilibrado. Não consigo chegar a casa e tratar da roupa. Tanta coisa que eu não consigo criar.

4Sou uma amante de fotografia. Adoro fotografar, seja a qualquer coisa, a qualquer altura a qualquer momento. Adoro poder ter sempre o meu telemóvel à mão para poder tirar fotografias.
Deixa-me feliz esse momento em que sou só eu e a camâra. Deixa-me feliz, distante, as emoções ficam de lado, apenas se junta o meu olhar ao momento.

5Passar a ferro é o meu inimigo. Das coisas que eu mais detesto fazer nos deveres de casa é passar a ferro. Detesto! Aliás, sendo mais especifica, detesto tudo o que tenha haver com roupa. Odeio estender, apanhar, pôr a lavar, tudo!

6Chumbei três vezes no 5º ano. E não foi por burrice, mas por faltas. Os meus pais quase que me comeram viva, mas falando bom português, estava-me a cagar na altura. Era nova no sítio onde estava, queria era fazer amigos, queria armar-me em adulta, a começar a fumar, a faltar às aulas, andar ao estalo. Enfim, só porcaria da qual me arrependo imenso hoje em dia.

7Quero ser mãe, mas tenho medo. Um dos meus maiores sonhos é ser mãe, sentir o desenvolvimento de uma pessoa dentro de ti, sentir os pontapés, sentir a mexer-se, deve de ser das melhores sensações do mundo.
No entanto tenho medo, tenho medo de o ter dentro de mim, tenho medo dos sintomas, das reacções, dos problemas e principalmente tenho medo de o ter. As dores devem de ser a pior coisa que devemos sentir, o parto é a coisa que mais me deixa aflita. Só de pensar.

E os blogs que eu vou nomear para o Versatile Blogger Award são: Raquel Abel do Raquel Abel; a Diana do Some Kind of Passion; Andreia Pereira do Andreia Pereira Blog; A Catarina do Beauty Plus Size; a Catarina do Quando o eu se torna em nós; a Marisa do Coco and Jeans.

6 Comments

Podes comentar aqui