E tu já choraste hoje?

Quantas vezes dás por ti, fechado no teu quarto, agarrado ao teu telemóvel, com os auriculares nos ouvidos e ouvires aquelas músicas que te fazem sentir mil e uma emoções dentro de ti?
Quantas vezes dás por ti, zangado com tudo o que está à tua volta, sem qualquer motivo?
Quantas vezes já bates-te no fundo sozinho, porque simplesmente não quiseste ajudar de ninguém? Uma mão amiga, uma abraço, um apoio, um carinho ou apenas uma palavras. Não te faz bem?
Quantas vezes já pensas-te que perdeste totalmente o controlo da tua vida? Do controlo das inúmeras situações diárias pelas quais passas? Quantas vezes deitas-te tudo isso, cá para fora?
Todos nós construímos um máscara à nossa frente que aparenta todos os dias que estamos bem, que conseguimos sobreviver mais um dia, que de facto nada se passa. Mas não é nada disso. Apenas estás triste, estás deprimido, está com vontade de mandar toda a tua vida para o lixo?
Quantas vezes te apetece mandar o mundo para o raio que o parta? Porque guardas tudo para ti?
Não deves guardar nada para ti, não deves estar a remoer-te com as emoções que dentro de ti estão a pairar, com a revolta, o sentimento que te corrói o corpo por inteiro.
Quantas vezes já te apeteceu chorar? Mas com a tua máscara simplesmente não podes, porque estás constantemente a demonstrar que és forte, que nada de afecta e que não precisas de ninguém na tua vida?
A verdade é que, quantas vezes não choraste sozinho? Quantas vezes não engolis-te os teus próprios soluços?

Chorar não é tratamento nem a cura para todos os males, mas é uma ajuda, é uma forma que de te expressares, deitares toda a tua dor e angústia cá para fora. Já choraste hoje?
Já pensas-te na razão de te sentires triste e sozinho? A vida faz sentido a qualquer pessoa… Mas cabe a cada um de nós seleccionar-mos a forma como queremos viver.
Se tiveres mal, chora. Se tiveres raiva, chora. Se tiveres deprimido, chora. Porque chorar faz com que deites todas essas emoções fora, faz com que te sintas melhor, menos pesado, de consciência mais leve, de espírito mais solto.
Não te feches, não te massacres, não tenhas medo de mostrar aquilo que és, uma pessoa sensível por detrás dessa aparência.
As aparências iludem, sempre foi assim…
Tudo tem solução, não guardes a dor só para ti. E se efectivamente não queres partilhar com ninguém porque és reservado, chora. Deita cá para fora toda essa vontade de chorar, pelo menos vais-te sentir muito melhor.

E tu, já choraste hoje?

 

8 Comments

  1. Ainda que não resolva o problema em si, ajuda-nos a libertar tensões e, só isso, faz com que consigamos olhar para esses problemas de outra forma. Excelente publicação 😉

  2. Chorar faz bem, muito bem aliás…
    Chorar faz-nos pensar e refletir sobre tudo e todos e isso pode ser muito positivo.
    Chorar não é solução mas ajuda-nos a pensar sobre uma.

    Beijinho*

  3. Chorar também liberta! Limpa a alma. E, muitas vezes, é a forma mais genuína de expulsarmos todos os fantasmas que nos corroem
    É como tu dizes, não é uma solução. Temos que ter força para lutar, procurar uma mão amiga para desabafar e ajudar a superar. Mas enquanto não temos esse impulso, pode ser um incentivo para nos recompormos. Nem que seja apenas um pouco.

    Beijinhos*

Podes comentar aqui