Comportamentos automáticos

Todos nós temos várias situações automáticas e achei engraçado um dia destes, com uma amiga minha e disse-lhe “Este tema tenho que falar no Blog”. E foi tiro e queda.
O que quero eu dizer com, situações automáticas…. Tão simples e tão engraçado.
Ao longo dos anos da tua vida, vais adaptando a tua própria personalidade, os teus próprios comportamentos e a tua própria agilidade. Mas o engraçado, é que existem vários comportamentos que nunca te deixam para trás, e caminham sempre contigo.
Depois dás por ti a pensar do como, é possível ainda teres este tipo de atitude passado tanto tempo. É verdade, eu tive que me rir da forma como reagi automaticamente.
Vou partilhar com vocês, as coisas automáticas que eu faço sem dar conta e que o fazíamos à uns anos atrás.

  • Chegar a casa dos pais e abrir o frigorífico: É verdade eu já não vivo com os meus pais à 5 anos, mas cada vez que lá vou é tiro e queda. Abro a porta do frigorífico como se nada fosse só para ver o que há;
  • Quando alguém abre uma caixa de pastilhas: E eu estico automaticamente a mão. É ridículo meu Deus, com esta idade e ainda ter esse reflexo. Lembram-se na altura da escola (e quem ainda anda) quando algum colega abria uma caixa e era a turma toda a esticar as mãos? Continuo a igual;
  • O rodar das cadeiras: Sim, ainda tenho o velho hábito de andar à roda com as cadeiras de rodas sabem? Ando e ando e ando e continuo até ficar tão zonza que me faz parar.
  • O cantar à frente dos espelhos: Caros seguidores espero que compreendam mas faço-o desde os 5 anos de idade. Cantar à frente de um espelho. Sim é verdade e por vezes até pego ou no frasco do desodorizante ou na escova e faço de microfone… Não é defeito é feitio.

E sim, poderia continuar uma lista indeterminada de coisas que eu continuo a fazer que já deveriam ter acabado. Sim a idade, uma pessoas cresce, fica adulta, mas é tão automático que acaba por ter uma certa piada. Não o faço porque me apetece é tão robótico, não têm noção.
E vocês, também têm algum comportamento automático desde a vossa infância? Contem-me tudo.

Podes comentar aqui