O que deves saber quando …

Começas a trabalhar. Muitos de vocês ainda não começaram a trabalhar, estão na fase dos estudos e sinceramente aproveitem enquanto possam.
Sei que, muitos de vocês anseiam pela vossa liberdade financeira e vão em busca de desafios profissionais para que possam começar a angariar o vosso próprio dinheiro, mas esquecem-se, que, trabalhar não é só fazer o que vos compete e ficou tudo concluído. Envolve pessoas, colegas de trabalho, perspectivas e muito mais.
Por isso hoje, vou apresentar algumas dicas que precisam de saber, antes de se colocarem no mundo profissional.
É importante que entendam o que quero dizer com estas dicas, não é para vos assustar, mas para terem uma pequena realidade e informação suficiente para se conseguirem ambientar e perceber como tudo funciona.

O que deves de saber quando arranjas o teu primeiro emprego.

  • Prepara-te para enfrentares péssimos colegas: Atenção, estou a generalizar. Mas a verdade é que vais sempre encontrar algum colega que te queira rebaixar até não poder mais, destruir o teu trabalho, o teu esforço sem qualquer peso de consciência. 
    Por isso, é bom que, quando comeces a trabalhar, vás como colega de trabalho e não para criar amizades. Não digo que não faças amizades, mas, para seres um bom colega não precisas de ser amigo. Apenas faz o teu trabalho e avaliar bem que está à tua volta.
    Nem todas as pessoas demonstram pela frente o que aquilo são e depois, pode acontecer algumas desilusões.
  • O dinheiro não é tudo e tu estás sempre em primeiro: Sei que nos tempos que decorrem é difícil de deixar um trabalho de lado, por mais desgastante que seja. Mas lembra-te que o dinheiro não é tudo e não vale a pena fazeres algo em que te sintas infeliz, só porque precisas. Sabes porquê? Porque, mesmo que recebas o teu ordenado, não te vais sentir feliz e realizado. Vais-te sentir, infeliz, num trabalho de obrigação e a tua saúde começa a dar sinais péssimos.
  • Não tenhas vergonha daquilo que fazes: É importante salientar que, qualquer emprego é um emprego digno e merecedor. Seja atrás de uma caixa de um super-mercado, seja a fazer limpezas ou a varrer ruas. É um trabalho como qualquer outro. E é digno e merecedor de reconhecimento qualquer um desses trabalhos.
    Seja o que faças não tenhas vergonha, ao teres vergonha, estás a enganar-te a ti mesmo e viver enganado é no mínimo triste.
  • Dá sempre o teu melhor, dê por onde der: É importante que dês sempre o teu melhor, seja em que posto de trabalho for. A facilidade de habituação, a competência, o desenvolvimento e demonstração de vontade é meio caminho andado para ficares a trabalhar durante algum tempo nessa empresa. 
    Não esperes que as coisas façam sozinhas e que recebas o ordenado ao fim do mês sem teres feito nada. Infelizmente não surgiu nenhum emprego desse género (quando surgir avisem-me). 
  • Impõe limites, não és escravo: Em certas alturas é importante saber dizer não! É importante impor limites, pois existem muitos patrões que gostam de abusar dos funcionários e pensam que somos obrigados a fazer coisas que não nos compete, só porque assim eles exigem. Mas não caros amigos. Eles foram funcionários tal como nós antes de chegarem ao cargo que chegaram e lá por serem os patrões não significa que nos tenhamos que sentir inferiores, ouvir e calar só porque eles assim o querem! Diz não, quando achares que é altura e apropriado.

Não busquem por empregos perfeitos, colegas perfeitos e tudo perfeito. A perfeição não existe, pois se existisse todos nós éramos perfeitos. Mas também não digo para não procurarem aquilo que vocês querem, claro que sim, nunca desistam de procurar aquele trabalho que tanto desejam. No entanto, temos que saber aceitar e lidar com várias frustrações e acontecimentos que nos aparecem no dia-a-dia no nosso trabalho. Muitas vezes temos que ouvir e calar, muitas vezes temos que engolir sapos, muitas vezes temos que ter uma cabeça enorme para conseguir dirigir tudo, mas o mais importante, tudo tem limites e não podes deixar que te façam e te tratem como um “cão”.
E é importante saberes que, não tens que ter vergonha nenhuma de fazer qualquer trabalho, não tens que ter preconceito com nenhum. Por vezes fazemos coisas que nunca pensamos fazer e gostamos. Nunca julgues o trabalho de alguém por pior que pareça ser, porque por vezes, o que tu pensas que é péssimo, faz o funcionáriao feliz.

 

Deixa aqui o teu comentário