O problema das nossas vidas presentes é que sofremos imenso devido ao dinheiro. Eu conheço bem a lenga lenga do “O dinheiro não é tudo“, mas é. Mente quem disser que não é.
Porque tu, eu, e todo o mundo necessita do dinheiro para nós sobreviver-mos, é mentira?
Não é só o ar que te vai dar vida, a água, o comer, a luz, a casa é o que nós necessitamos para ter uma vida estável, uma vida dita normal.
Mas e se o dinheiro não fosse um problema? O que farias? Será que pensavas naqueles que necessitam de ajuda? Será que pensavas em criar ferramentas de trabalho para o desenvolvimento de ideias de ajudas a pessoas? A animais? A tudo?
As primeiras prioridades somos nós, é o que tu deves estar a pensar mas , se podermos ajudar, não ajudavas? Não podes ser egoísta a esse ponto…
Se o dinheiro não fosse um problema para mim, montava o meu próprio negócio, criava serviços de voluntariado, serviços de ajuda aos que mais precisam e ajudava todos os animais que pudesse!
Estudava a área que mais queria, montava uma empresa, tirava uma formação em fotografia, mas uma formação a sério.
Pois o problema é que o dinheiro nestas situações é um problema.
Trabalhamos por conta de outrem, para recebermos uns míseros 600€, ouvimos gritos, faltas de educação, descargas de raiva, para ninguém nos ter em consideração, apenas seres um funcionários, ouvires e calares.
Porquê que uns são filhos e outros enteados? É o que tenho sentido ultimamente. Não passo de mais uma sem vida própria, sem tempo, sem vida, não passo mais uma pessoa que não marca a diferença, que não tem outros objectivos, pois nem tem tempo para pensar neles.
Tenho sonhos como todos nós, devemos sempre continuar a sonhar… Sonhar é bom, sonhar é tudo.
Mas quando conseguimos concretiza-los, não é ainda melhor? Eu acho que sim.
Estou presa num país em que nada lhes convém, nada lhes é bom, nada agrada, nada é apenas nada num buraco sem fim, negro e infinito. Sorte daqueles que conseguem o que querem, azar dos outros que nada o fazem para tentar, pois o tempo é tão pouco que mal conseguem respirar.
Se o dinheiro não fosse um problema, juntava imensas pessoas para fazer algo de diferente, fazer alguma transformação neste país, fazer algo melhor, ecológico, ambiental, algo que realmente fosse importante para nós.
Fazer o bem aos outros, acho que é das melhores sensações que pode ter, das melhores emoções que podemos sentir… Faz-nos bem, faz bem à alma, à consciência, à vida.
Porquê ignorar, quando podemos ajudar? Porquê esquecer quando podemos fazer? Porquê não melhorar, se tu próprio podes ajudar?

Se o dinheiro não fosse um problema para ti, o que farias?